Lula dá garfo e faca a Veneziano

Josival Pereira

O ex-presidente Lula assinou em praça pública, o principal cartório da política, aquilo que já tinha feito em duas ou três ocasiões em encontros mais privados: Veneziano Vital do Rêgo (MDB) é seu candidato a governador na Paraíba e o ex-governador Ricardo Coutinho é seu candidato a senador.

Definiu de uma vez por todas o plano político no Estado, explicitado de forma mais clara um pouco antes do evento no Parque do Povo pelo senador Randolfe Rodrigues, coordenador nacional da campanha, em conversa com a imprensa local. Lula tem candidatos para chamar de seus, mas tem dois outros palanques, o de João Azevedo (PSB) e de Adjany Simplício (PSOL). Os dois últimos só apoiam, não recebem apoio do candidato a presidente.

Talvez já não houvesse dúvida dessa posição. A manifestação pública serviu, porém, para uma maior propagação da posição de Lula. Era necessária, sobretudo para Veneziano, para gerar conteúdos (imagens e áudios), para propaganda massiva nos próximos dias.

Lula e o PT fizeram sua parte, até meio contraditoriamente para um candidato que anda tentando receber apoios de diversos partidos no intuito de vencer ainda no primeiro turno. Dentro da própria aliança, o PT e Lula se confrontam com candidatos do PSB na Paraíba, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Mas Veneziano e o PT da Paraíba não querem saber disso. Está cumprido o acordo com os diretórios do MDB do Nordeste e resgatada dívida de gratidão com Ricardo Coutinho.

Com o ato público de Campina Grande, talvez o único da campanha deste ano na Paraíba, Lula deu garfo e faca a Veneziano, que é sua popularidade. O alimento no prato, que são os votos nas urnas, precisará também da ação do próprio candidato. Lula é o melhor cabo eleitoral, mas a transferência de voto é um processo um pouco mais complicado.

Não há dúvidas, porém, de que a tendência é que Veneziano cresça em intenções de voto nos próximos dias. Nesta primeira fase, vai ajudá-lo, sobremaneira, a posicionar sua candidatura em relação a duas outras postulações – a Nilvan Ferreira (PL) e da Pedro Cunha Lima (PSDB). A luta é para ver quem vai passar para o segundo turno. Veneziano tem um bom trunfo.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.