Congresso continua rejeitado e mais de 60% não se lembram em quem votou

Por Josival Pereira

Os esforços do Congresso para garantir mais recursos do Orçamento para suas bases através das emendas impositivas individuais, de bancada ou das famigeradas emendas secretas, apesar de envolver bilhões, não têm ajudado a melhorar a imagem de deputados federais e senadores.

A avaliação do desempenho do Congresso é muito ruim, segundo a última pesquisa Datafolha, divulgada na última sexta-feira. A rejeição ao Congresso bate os 39%. Apenas 12% aprovam e cerca de metade da população não sabe ou não quer opinar, certamente, por desconhecimento ou desinteresse total em relação ao trabalho dos parlamentares.

O momento, por causa da aprovação do pacotão de bondades eleitorais do governo federal (Auxílio Brasil de R$600,00, voucher para caminhoneiros, auxílio gasolina para taxistas e a redução do ICMS dos combustíveis), poderia até ser de melhor avaliação, mas houve apenas ligeira oscilação para cima.

Em dezembro (2021), o Datafolha captou 41% de ruim e péssimo para a atuação do Congresso nacional e 10% de ótimo e bom. Em setembro eram 44% de rejeição e 13% de aprovação.

Vergonha maior é a insignificância dos candidatos, eleitos ou não, para os eleitores. A pesquisa revela que 64% dos eleitores não lembram em quem votou para deputado federal em 2018. Apenas 20% recordam do voto, mas poucos acompanham a atuação dos eleitos. Em relação à eleição para senador, 65% não se recordam em quem votou. Apenas 18% se lembram.

Os números depõem gravemente contra o parlamento brasileiro. Os políticos não conseguem se fazer lembrar pelo discurso de campanha (propostas) nem pela atuação, quando eleitos. Falta qualidade na representação e na relação dos representantes políticos com a sociedade. Aí está uma das grandes razões da fragilidade da democracia nacional.

O outro lado disso é a fortaleza do sistema de corrupção. Sem vínculo com o eleitor, ilustres desconhecidos da sociedade e sem compromisso com a nação, atuando sempre sorrateiramente, grande parte dos políticos se aproveita para, de alguma forma, comprar a renovação de mandatos e cada vez mais o país patina. Sorte que o Brasil anda em muitos setores, apesar de seus políticos.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.