Pedro supera boatos e põe candidatura a governador na praça

Por Josival Pereira

Depois de sofrer ataques especulativos, durante duas semanas, sobre uma suposta desistência da candidatura, o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB), parece ter recobrado o ânimo e tomado gosto pela disputa pelo Governo do Estado.

É o que se pode extrair da agenda que o parlamentar vem cumprindo nos últimos dias. Voltou a receber apoios de grupos de oposição em municípios do Estado e tem se envolvido nas articulações para realização da convenção para homologação de candidatos, prevista para o domingo. Tem feito intensa divulgação do evento.

Além disso, Pedro também tem reforçado críticas à gestão do governador João Azevedo, especialmente em relação à saúde e educação.

Não existe nada de novo nem de extraordinário. São ações e manifestações normais de um pré-candidato a governador. Em relação a Pedro, porém, são importantes para desmancharem os intensos boatos sobre uma possível desistência da postulação.

A impressão do momento é a de que as especulações foram afastadas e os boatos desfeitos ou controlados. O deputado Pedro Cunha Lima será efetivamente o candidato a governador do grupo de oposição que, historicamente, acompanha a liderança da família Cunha Lima. Lá atrás, Ronaldo; mais recentemente, Cássio Cunha Lima.

A candidatura de Pedro sofria a assombração da figura do ex-prefeito Romero Rodrigues, que era candidato no início, mas acabou desistindo. Amigos e simpatizantes de Romero sempre avaliaram que ele era um candidato mais competitivo do que Pedro e, vez por outra, alimentavam sua possível candidatura. O problema é Romero ansiava uma estrutura maior e mais unidade das oposições para entrar na disputa.

Um último desejo, há duas semanas, tria sido a união com o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, que não topou retirar candidaturas já postas, como as de Nilvan Ferreira para governador e a de Bruno Roberto para senador. Assim, as pretensões de Romero parecem sepultadas. Com medo ou sem medo, o homem será Pedro.

Chapa

A chapa do candidato Pedro Cunha Lima já estaria definida. O candidato a vice-governador será o ex-deputado Domiciano Cabral. O candidato ao Senado será o deputado Efraim Filho.

Coligação

A coligação que vai apresentar a candidatura de Pedro Cunha Lima governador será formada pelo PSDB/PSC/PTB/União Brasil. Terá bom tempo de propaganda no rádio e na televisão.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.