Que novidades o PSB vai apresentar em evento no fim da tarde?

Por Josival Pereira

O que será apresentado de novidade no evento que o PSB fará na tarde desta quinta-feira em favor da candidatura do governador João Azevedo à reeleição?

Pode ser apenas demonstração de força, com a presença de um grande número de prefeitos. O governador já teria apoio de cerca de 160 gestores municipais.

Informa-se, nos bastidores, que o evento serviria para, além da demonstração de forças, apresentar a adesão de prefeitos de cidades de maior porte. Pode ser, então, o engajamento dos prefeitos do PP ou ligados ao deputado Aguinaldo Ribeiro (Santa Rita, Cajazeiras, Bayeux, etc.)

Outra novidade poderia ser a declaração formal de apoio do PSD, presidido no Estado pela senadora Daniella Ribeiro.

Mas existem outras expectativas no ar.

O vereador Odon Bezerra garante novidades no evento. Assessores do governo também. O que poderia ser?

As divergências envolvendo o Republicanos saíram de cena nos últimos dias. Pode ter havido um apelo ao bom senso, ou seja, para a retirada das discussões da mídia. Mas pode ter havido avanço nos entendimentos.

Neste sentido, existem especulações sobre a possível entrada do vice-prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra, na chapa. Embora seja filiado ao PSB, ele poderia ser a liga de entendimento entre o PP e Republicanos. Tanto poderia ser o candidato a senador como a vice-governador.

Divulgou-se que a chapa do governador João Azevedo só ficaria pronta em 5 de agosto, último dia para a realização das convenções. Todavia, há especulações sobre a ocupação deste cargo. O candidato adotado seria o professor Rangel Júnior.

Haveria bastante razões para tal. Com Rangel Júnior na chapa, Republicanos e Progressistas estariam liberados para apoiar outros candidatos ao Senado. O governador também sairia ganhando com isso. Com Rangel, a chapa do governador se inclinaria à esquerda e, sendo a vaga do PCdoB, poderia se aproximar mais de Lula. Além disso, com inelegibilidade de Ricardo, com Rangel candidato, haveria possibilidade de atrair o PT ou maior parte do partido.

Essa especulação, no entanto, padece de um problema jurídico. O PCdoB está na federação com o PT e o PV. Os petistas teriam que não ter chapa na Paraíba.

Outras especulações de novidades seriam o lançamento dos nomes do ex-secretário Geraldo Medeiros ou do jornalista Heron Cid como candidato ao Senado. Neste caso, Léo Bezerra poderia já ser apresentado como candidato a primeiro suplente, se Medeiros for o ungido.

São especulações, mas todas contém algum sentido. A conferir.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.