Veneziano anuncia fase de pré-campanha mais movimentada e volumosa

Por Josival Pereira

Mesmo no imprensado da agenda do fim de semana na Paraíba, acompanhando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, em João Pessoa e Campina Grande, na abertura do São João, o senador Veneziano Vital do Rego (MDB), pré-candidato a governador, encontrou tempo para despachar alguns recados para aliados no interior e na Capital.

No geral, o conteúdo das mensagens era no sentido de informar que ele pretende, nos próximos dias, agilizar e dar mais volume à pré-campanha. Um evento, nesta segunda-feira, no bairro Valentina, em João Pessoa, ao lado do ex-governador Ricardo Coutinho e da deputada Cida Ramos parece ter sido o início desse um novo movimento.

Nos contatos com aliados, subliminarmente, aos principais interlocutores, Veneziano vem repassando um discurso que, provavelmente, será o usado para tentar mobilizar aliados e militantes na numa nova fase da pré-campanha.

A informação inicial é a de que a campanha detém estudos que indicam um crescimento de intenções e potencial de votos. E isso seria fruto da estabilidade da candidatura e da aliança com o PT, resultando do que considera indiscutíveis – o apoio de Lula e a candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho ao Senado.

Veneziano avalia que todas as demais candidaturas ainda vivem fatores de instabilidade, como indefinições de candidatos e falta de unidade política e de discurso.

Além disso, a campanha de Veneziano deverá acrescentar no discurso dos próximos dias a lembrança da campanha de prefeito em Campina Grande, em 2004. A ideia é tentar mostrar capacidade de superação, ou seja, que ele era apenas um vereador e, sem estrutura, venceu o pleito contra o grupo Cunha Lima, detentor de amplo poder no município à época.

Outra lembrança será da gestão como prefeito, de 2005 a 2012. Neste caso, a tentativa é de mostrar que Veneziano tem experiência administrativa e, com isso, o diferenciar dos demais pré-candidatos da oposição.

Pelo visto, Veneziano busca sair daquela fase da pré-campanha em que se discutia se ele teria ou não o apoio de Lula ou do PT para se apresentar como um postulante com experiência e viabilidade. A conferir.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.