Cidadania racha sobre federação com PSDB e decisão final ficou para o dia 15

Por Josival Pereira

A situação do Cidadania no plano nacional se complicou nas últimas horas. O partido rachou. Depois de uma longa reunião nesta terça-feira, o partido se dividiu ainda mais sobre os rumos que deverá tomar em relação à formação de federação partidária para a disputa das eleições parlamentares e em relação à campanha para presidente da República.

A proposta sobre federação com o PSDB, que implica também apoio à candidatura do governador João Dória, defendida pelo presidente nacional da legenda, Roberto Freire, terminou em empate na reunião da Executiva, com 10 votos a favor, 10 votos contra e uma abstenção.

A segunda proposta – de federação com o Podemos, implicando em apoio à candidatura do ex-juiz Sérgio Moro – foi derrotada por um voto (10 a 9, com uma abstenção).

A terceira proposta discutida foi de apoio à candidatura de Ciro Gomes (PDT), que só obteve 7 votos favoráveis.

Racha

Durante a reunião, ficou evidente o racha no partido. A proposta de federação com o PSDB é rechaçada por 12 diretórios regionais, inclusive o da Paraíba, que tem o governador João Azevedo como principal líder, por questões ideológicas. Os presidentes desses diretórios divulgaram uma nota defendendo a candidatura própria a presidente do senador Alexandro Vieira (SE).  No entanto, o presidente do Cidadania articula em favor da aliança com os tucanos.

A aliança com o Podemos e Sérgio Moro é defendida pelo líder do Cidadania na Câmara Federal, deputado Alex Manente (São Paulo).

O ex-senador Cristóvam Buarque se absteve em todas as votações por ser contra a ideia de federação no sistema parlamentar brasileiro.

Diretório Nacional

Diante do impasse, a decisão foi empurrada para o Diretório Nacional do partido, com reunião convocada para o próximo dia 15 de fevereiro.

A tendência é que a decisão final seja mesmo de formação de federação e aliança com o PSDB, uma vez que os diretórios de Pernambuco e São Paulo são os maiores do partido e ambos defendem a união com os tucanos.

Paraíba

O governador da Paraíba, João Azevedo, estava esperando uma decisão do Cidadania sobre federações ainda esta semana.

Interlocutores próximos revelaram que o governador gostaria de resolver a questão do Cidadania para só então iniciar conversas com outros partidos. Agora, não se sabe se o governador vai esperar pela decisão do dia 15 ou se vai antecipar uma definição sobre sua filiação partidária.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.