Fechado: PSDB e Cidadania vão formar federação e anúncio ocorrerá em meados de fevereiro

Por Josival Pereira

Fechado. PSDB e Cidadania devem anunciar a formação de uma federação para a disputa das eleições deste ano até meados do mês de fevereiro. Uma decisão preliminar neste sentido ficou acertada em uma reunião entre os presidentes das duas siglas – Bruno Araújo (PSDB) e Roberto Freire (Cidadania), na noite da última terça-feira, em Brasília.

Araújo e Freire vão começar trabalhar para remover problemas regionais que atrapalham a a formação da federação.

Os dois principais problemas são a Paraíba, onde o único governador do Cidadania, João Azevedo, tem o PSDB como um dos principais adversários, e Brasília, onde a senadora Leila Barros (Cidadania) deseja ser candidata a governadora e esbarra nas pretensões do senador tucano Izalci Lucas.

O Cidadania deve também remover a candidatura do senador Alessandro Vieira à Presidência da República, uma vez que a federação, embora seja uma acordo para a disputa das eleições proporcionais, deverá adotar a candidatura do governador João Dória ao Palácio do Planalto.

Já existem datas definidas para as duas legendas decidirem internamente sobre a constituição da federação. O Cidadania vai convocar reunião da Executiva nacional para o dia 19 de janeiro próximo e depois ainda fará uma reunião do diretório nacional para decidir sobre o tema. O PSDB marcou reunião de sua comissão Executiva para o dia 25 de janeiro. O último prazo para a formalização do pedido de federação ao TSE é o dia 1º de março.

Na Paraíba, o governador João Azevedo (Cidadania) e o deputado Pedro Cunha (PSDB) têm, assim, prazo encurtado para definir seus destinos partidários. Já agora, em janeiro, precisarão se posicionar nas reuniões nas instâncias superior de seus partidos.

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.