Aumento da violência seria efeito da saidinha de natal de 1.200 presos

Por Josival Pereira

A incidência de violência patrimonial (furtos, assaltos, arrastões e arrombamentos) cresceu desregradamente nos últimos dias em algumas áreas de João Pessoa e Cabedelo. 

O fato está sendo associado a uma parcial ausência de policiais nas ruas, que deixaram de cumprir hora extra, em protesto contra os baixos salários e a reivindicação de direitos.

Mas não é somente isso. Fontes da Polícia Militar (PM) acreditam que o aumento da violência patrimonial tem a ver com a multidão de mais de 1.200 presos colocados em liberdade temporária para passar as festas de natal e de fim de ano com a família. 

Esse tipo de evento estaria se repetindo ano a ano, segundo as estatísticas da PM.

Levantamentos apontam que mais de 40% dos presos que ganham a saidinha temporária não voltam espontaneamente. 

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.