Raniery quer decisão urgente do MDB sobre apoio ao governador

Por Josival Pereira

O deputado Raniery Paulino parece ter percebido o momento periclitante que se instalou no MDB da Paraíba a partir dos conflitos entre a direção estadual, liderada pelo senador Veneziano Vital do Rêgo, e o governador João Azevedo. 

Não que não seja lícito ao MDB almejar e sonhar com um projeto de candidatura própria ao governo do Estado. Não que o MDB não possa cobrar mais atenção e respeito por parte do governador dentro da aliança política estabelecida no Estado. 

O problema é que os conflitos políticos, sem uma definição rápida de rumos, tendem a criar insegurança e incerteza para os deputados estaduais e candidatos a deputado. 

Com o fim das coligações, os partidos precisam dispor de quadros com densidade eleitoral se quiserem conquistar mandatos parlamentares e sobreviver às cláusulas de desempenho. 

Por isso, Raniery tem mencionado muito à necessidade de o MDB elaborar uma nominata de candidatos, que não é outra coisa que não uma lista de nomes dispostos a enfrentar as urnas. Sem uma boa relação de candidatos, não existe perspectiva de eleger deputados. 

A bancada do MDB na Assembleia atualmente é diminuta. Está formada apenas por Raniery Paulino e por Jullys Roberto. O partido precisaria atrair a adesão de deputados dos partidos pequenos e lideranças com desejo de se candidatar. 

O temor de Raniery, pela leitura das entrelinhas de uma entrevista que ele concedeu nesta segunda-feira ao Correio Debate (rádio 98.3 FM), é que, com os desentendimentos entre Veneziano e o governador, instala-se a dúvida e, com isso, o partido não consiga atrair nomes para formar a nominata. Sem um bom quadro de candidatos, mesmo sendo bem votado como sempre foi, o próprio Raniery corre o risco de não se eleger.

Parecendo um tanto preocupado com a situação, Raniery anunciou que vai propor, na primeira reunião que houver do diretório, que o partido decida pela manutenção do apoio ao governador João Azevedo. 

Para o bem ou para o mal, Raniery quer uma decisão urgente. Deve ficar no partido, se a decisão for de apoio ao governador. Se não, a tendência deve ser procurar outra legenda. 

A proposta de Raniery, no entanto, não deve agradar ao senador Veneziano, que, certamente, gostaria de mais tempo para decidir. Pelo visto, porém, vai ser cobrado a tirar o MDB do beco estreito em que está metido. Pode até ser que lá na frente a candidatura própria se revele a melhor solução, mas os candidatos a deputados não vão esperar.   

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.