STF vai decidir sobre showmícios, confusão da vacina na Assembleia e combate ao assédio na Justiça

Showmícios em 2022?

O STF julgará nos próximos dias uma ação que pode liberar showmícios em campanhas eleitorais, proibidos por uma lei de 2006. A ação é de autoria do PSB, PSOL e PT. Pede, na verdade, a liberação de shows não remunerados.

Desequilíbrio 

Antes da lei, os candidatos ricos contratavam artistas caros e os alguns candidatos de esquerda contavam com o apoio de artistas renomados. Tudo acabou proibido para evitar desequilíbrio nas disputas eleitorais.

Liberdade ou vantagem? 

O problema é que o STF liberou live de Caetano Veloso em 2018 para arrecadar fundos para Manuela d’Ávila (RS) e Boulos (SP). Os partidos veem os shows como liberdade de expressão. A PGR como vantagem ao eleitor.

Combate ao assédio na Justiça

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) avança para implantação de uma serei de procedimentos de prevenção e enfrentamento ao assédio moral, assédio sexual e discriminação no âmbito do 1ª Grau da Justiça.

Denúncia e investigação

Uma comissão formada por desembargadores e juízes está concluindo propostas para facilitar as denúncias e padronizar o procedimento de investigação e acompanhamento dos casos noticiados.

Confusão na AL

A Assembleia Legislativa da Paraíba foi palco de confusão na manhã desta terça-feira. A Casa baixou resolução exigindo prova de vacinação contra a Covid-19 para acesso e o Cabo Gilberto apenas exame laboratorial.

Sem sentido

A confusão não faz sentido. A vacina é obrigatória, mas não pode ser forçada. Outra prova de que a pessoa não está contaminada pelo coronavírus é válida. Apenas tem prazo. O exame terá que ser repetido periodicamente.

Mais Campina

O governador João Azevedo voltará a cumprir agenda em Campina Grande na próxima sexta-feira (8/10). O objetivo será anunciar ações em comemoração ao aniversário de emancipação política da cidade, na segunda-feira (11/10).

Independente

Aviso do ex-prefeito ACM Neto sobre a fusão do DEM com o PSL: Objetivo não é ser visto como bolsonarista. Segundo ele, o novo partido, que será batizado de União Brasil, será independente e terá um projeto próprio.

Engorda do Cabo Branco

O prefeito de João Pessoa definiu seu foco em relação à barreira do Cabo Branco. Quer fazer a engorda da praia. Encantou-se com o que está sendo feito em Camboriú (SC). Mandou agilizar os projetos técnicos para levar a Brasília.

Beleza e visibilidade 

A engorda da praia é parte do projeto de contenção da barreira de Cabo Branco que embeleza a Orla e dá visibilidade. Saneamento e o enrocamento, já executadas, são mais de infraestrutura. A verba da obra já está empenhada.

 

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.