Eleições de 2022: Moro parece fora e Huck não consegue entrar no jogo

Josival Pereira

Os movimentos mais recentes da política brasileira, especialmente a aliança do presidente Jair Bolsonaro com o Centrão e as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que devolvem os direitos políticos de Lula, vão antecipando algumas decisões significativas para a disputa das eleições de 2022. 

Uma delas é que o ex-juiz Sérgio Moro está praticamente fora do jogo. Não porque o STF o julgou suspeito na condução das ações contra Lula, mas, sobretudo, em função de sua dificuldade de encontrar um partido político para se filiar e da impossibilidade de alianças eleitorais.

Na verdade, na atual conjuntura, formou-se uma ampla frente contra a Operação Lava Jato, que, por extensão, é também uma frente contra Moro. A oposição a Moro decorre do fato de que a Operação Lava Jato condenou ou denunciou políticos de praticamente todos os partidos. 

Se Moro está praticamente fora do jogo, pode-se dizer que o apresentador Luciano Huck tem chances muito reduzidas de entrar no jogo. Isso devido a polarização entre Lula e Bolsonaro, o que reduz as possibilidades de novas alianças de direita ou centro-direita. 

Adicionar comentário

PUBLICIDADE
Blog do Josival Pereira © 2022 . Todos os direitos reservados.